A aprendizagem do aluno será avaliada pelos professores por meio de observação do desempenho, de provas e trabalhos, de forma a considerar o esforço durante o processo e os resultados.

Esse rendimento será expresso em notas de 0 a 10, trimestralmente, em boletim escolar enviado aos pais. O resultado avaliativo será considerado suficiente se for alcançada média superior ou igual a 5,0 em cada trimestre letivo, em todos os componentes curriculares.

Para a avaliação serão consideradas todas as tarefas propostas pelo professor (provas, exercícios, exposições, pesquisas, trabalhos individuais ou em grupos, etc.).

Será considerado retido o aluno que não satisfizer os limites mínimos de assiduidade, 75% das aulas dadas.

          Provas Substitutivas

As datas das avaliações que constituem objeto de nota serão marcadas com antecedência. Caso o aluno não possa comparecer à Escola no dia da avaliação, ele poderá solicitar autorização para realizá-la em outra data. Esclarece-se que este pedido pode ser aceito ou negado em razão do motivo da ausência.

Em cada trimestre, haverá um dia marcado pela Escola para a realização das avaliações substitutivas. Será cobrada uma taxa relativa a essas provas.

O aluno que não comparecer à avaliação substitutiva terá nota zero nesse instrumento.

          Recuperação

O aluno que não alcançar média superior ou igual a 5,0 (cinco) deverá realizar as atividades de recuperação programadas pela Escola, devendo obter a média exigida para aprovação. A nota dessa prova substituirá a nota da média anterior caso seja superior. O aluno será considerado aprovado no trimestre se a nota da recuperação for igual ou superior a 5,0. O aluno que não conseguir nota igual ou superior a 5,0 no processo de recuperação trimestral deverá assistir, no mês de dezembro, às aulas de recuperação anual da respectiva disciplina. Ao final desse processo, será realizada uma prova de recuperação anual.

As provas de recuperação do primeiro, segundo e terceiro trimestres, para cada matéria, serão realizadas em período diferente do das aulas. As provas de recuperação do 3° e último trimestre acontecerão na primeira semana de dezembro.

Caberá ao Conselho Escolar (formado pelos professores, pela orientação e direção) avaliar o aluno que não tenha alcançado a média final 5,0 (cinco) após a recuperação, para decidir sobre sua aprovação.

          Reforço

Além da participação obrigatória no processo de recuperação, a Escola propõe, ao aluno que obtiver nota inferior a 5,0 em Língua Portuguesa ou em Matemática, aulas de reforço, entre maio e novembro. Cabe ressaltar que, em função de possíveis dificuldades do aluno observadas antes da realização das avaliações, ele pode ser chamado pela orientadora de sua classe para a realização de atividades de reforço, anteriormente ao mês de maio.

 

  • Unidade I 
  • Rua Conselheiro Brotero, 832.
  • CEP:01232-010 - São Paulo - SP
  •  +55 11 3662-9591
  • ver mapa
  • Unidade II
  • Rua Itápolis, 463.
  • CEP: 01245-000 - São Paulo - SP
  • +55 11 3661-8284
  • ver mapa

        Facebook Escola Carlitos

Escola Carlitos - 2017 © Todos os direitos reservados. Produzido por: Plyn